Bicicleta: uma das paixões de Scott Schuman

Pra quem ainda não conhece, Scott Schuman é um cara bacaníssimo que sempre trabalhou em publicações de moda e de repente percebeu que as pessoas que mais o inspiravam estavam nas ruas. Resolveu então registrar essas inspirações por onde ele passava. O resultado foi o primeiro blog de moda de rua que fez muito sucesso: The Sartorialist.

Uma coisa que percebemos é que ele sempre tirou lindas fotos de moças de bicicleta. Como o próximo pedal já é na próxima semana, selecionamos algumas fotos dele que podem te ajudar a escolher o que vai usar. Dá só uma olhada. Tem pra todos os gostos!

Como encarar as subidas

Ai… morri!

Pergunte para um ciclista iniciante ou alguém interessado em começar a pedalar em BH qual o maior desafio e ele provavelmente dirá sem pestanejar: as ladeiras! Nem tudo são flores para quem ainda não tem todo aquele preparo.

Subindo!

Um sonho: Lemos sobre o Elevador de Bicicleta e achamos incrível! Não é feitiçaria, é tecnologia. Você encaixa o seu lindo pezinho de Cinderella ali e PLIM já chegou lá no alto da rua. Só um empurrãozinho pra subir a Avenida do Contorno não parece nada mal, né? Seria um super incentivo, mas por enquanto só na Noruega.

Mas anime-se. Acredite em nós… Não tem sensação melhor que a de perceber que outro dia sua língua arrastava no chão quando você tentava subir aquela rua perto da sua casa e hoje você conseguiu chegar lá em cima tranquila!

Yuhuu!

Então, vamos às dicas:

1. Não deu? Empurrar a bicicleta não é nenhuma vergonha! Respire e suba na boa.

2. Subindo sentada: Devagar e sempre.

1. não é importante como você começa a subida; o importante é como você a termina

2. o psicológico cansa tanto ou mais que a própria subida

3. evite mudar a marcha antes de começar a subida

4. deixe a perna sentir a subida e só então reduza a marcha

5. reduzir uma marcha por vez, com calma, ajuda muito

6. estabilize sua respiração alongando os tempos de inalação

7. não olhe para cima, evite pensar em quanto falta

3. Subindo em pé: comece sentada e depois de cansar levante

Essa é pra quando a subida é daquelas compridas e você já tá desfalecendo. A dica é mudar os grupos musculares. Assim você acha um gás que estava escondido. Para aproveitar bem, é bom já ter um pouquinho de experiência com o negócio. (Treina perto de casa mesmo. O próximo pedal tá quase aí!). Você pode usar os braços como ajuda para impulsionar a bicicleta para a frente. “Para que isso funcione você tem que fazer aquele gingado, inclinando a bicicleta ora para um lado, ora para outro.” Sabe como? Outro detalhe é: manter a marcha mais leve nessa hora só vai fazer com que você perca o ritmo. Para pedalar em pé, é importante mudar para uma marcha um pouco mais pesada.

Voilà! A agora você já tem as principais dicas. Força na peruca!

Agradecemos as dicas do Escola de Bicicleta e Transpirando.

Aqui, lá, em todo lugar

Quando ligamos a tv, folheamos revistas, passeamos rapidinho pela internet, a bicicleta está lá, em todos os lugares.

Um tanto é a conscientização de que ela é um transporte rápido no meio de cidades cheias de trânsito e uma amiga da saúde e da natureza. Outro tanto é moda mesmo… no melhor sentido da palavra.

Já pensou um editorial recheado de fotos lindas ao lado das companheiras? Para ver um belíssimo exemplar desses é só dar  uma passadinha no Mod Cloth, apaixonante loja virtual americana que só vende acessórios e roupas com inspirações retrô. Do jeitinho que a gente gosta!